sábado, outubro 14, 2006

Tâmo aí na atividade

E a palestra foi muito boa, na verdade foi mesmo um bate-papo descontraído entre eu, o cordelista Marco Haurélio e os educadores que estavam presente.
O espaço lá é muito bacana e o pessoal está sabendo ocupar.
Cheguei em casa às 16h, fiz dois trabalhos para a faculdade e agora vou me ajeitar para ir na casa de um amigo aqui perto para editar dois filmes documentários sobre literatura.
E às 20h estarei lá no Centro Cultural de Suzano, onde vai ocorrer um dos maiores eventos que os artistas de cidade já viram.
Coisa de louco mesmo, o evento chama-se "Sensitivo", e o que vai acontecer ninguém sabe, ou melhor, apenas eu e mais alguns organizadores. Mas posso dizer aqui que o bicho vai pegar, a atividade vai envolver todo o espaço do centro cultural, desde a calçada, passando pelo hall de entrada, a biblioteca, o auditório, as salas de danças até a sala do secretário de cultura. Poesia, teatro e cinema de uma forma sensorial e intensa onde o público será provocado o tempo todo.
Depois eu comento como foi.
Salve á todos e até segunda.

Um comentário:

Marco Haurélio disse...

Salve Grande Sacolinha. Foi um prazer ter estado contigo; com certeza, nos encontraremos nas encruzilhadas da literatura. Estou terminando de ler os seus contos.
Parabéns pelo humor inteligente e pela precisão com que manuseias as palavras.Continuo na editora Luzeiro, agora com um título novo, O HEROI DA MONTANHA NEGRA.
Abraço, Velho, e até a próxima.