quinta-feira, janeiro 11, 2007

Retorno de leitura

Tenho recebido muitos comentários sobre a "Crônica de um jovem salvo pela literatura" que enviei por e-mail á todos os meus contatos no dia 03 de janeiro. A intenção é tentar sensibilizar os líderes e formadores de opiniões dos diversos setores da sociedade. Mostrar que a leitura de livros pode sim mudar o mundo, pode sim dar educação, pode transformar uma pessoa, pode ajudá-la a sair da alienação, pode ajudá-la a não ser mais empregado e não ter que ficar se rebaixando a nenhum empresário. A literatura salva sim, eu sou um exemplo em pessoa. Isso aí, cara! Também eu fui salvo pela literatura: se não fosse estecomputador pra cegos, já teria me matado. Se você quiser ler mais umlivro, me passe seu endereço, que eu mando um meu pelo correio. Sequiser, você me manda um seu em troca. E continue poderoso em 2007! GLAUCO MATTOSO, poeta e escritor. Olá Sacolinha Belo depoimento! O Trem realmente do subúrbio ainda precisa ser melhor estudado pela antropologia urbana. Sua iniciação nas composições da CPTM não é o único caso de convertimento à literatura. O seu tio já te deu um retorno sobre a revelação? ELEILSON DE SOUZA, coordenador de projetos na Ação Educativa. Falar o que irmão? Acrescentar o que broder? Está escrito por você E o riso está em meu rosto Viva o sacolinha Viva a leitura Viva a literatura Abraços do mano sylvio neto SYLVIO NETO, poeta do Rio de Janeiro. OI, Sacolinha! Tudo bem? Espero que sim. Grande batalhador, admiravél e incansável. Gostaria de te desejar boa sorte, saúde, harmonia, sabedoria e discernimento. Que este ano traga para sua carreira o reconhecimento do público. Gostei do que escreveu. Mande mais. Beijos, fique com Deus. Elisete C. Nunes (Grupo Dorothéa e Sua Trupe - Teatro de Bonecos/Mogi das Cruzes).

2 comentários:

zl441x disse...

very nice blog!If you like pretty girls, visit my blog, you have a lot of beautiful girls we havemany friends in exchange

Fabiana Veríssimo disse...

Oi Sacolinha meu nome é Fabiana, sou educadora no Projeto Casulo e já trabalhei em vários outros lugares sempre levantando a bandeira da comunicação comunitária. Além disso faço faculdade de letras e acredito que a leitura é o único caminho. Acredito que devemos lutar contra a alienação sempre, por isso acredito na comunicação comunitária, por isso acredito na leitura e educação... Enfim eu gostaria muito de ler a "Crônica de um jovem salvo pela literatura" Como faço? Pra mim seria ótimo, estou trabalhando no meu planejamento pra iniciar mais um ano de incentivo a leitura e combate a alienação.

Fabiana Veríssimo - Educadora
Email: fabiana_verissimo@yahoo.com.br